CONTATO

LOCALIZAÇÃO

CONECTE-SE

Dúvidas, sugestões ou informações: contato.fudlc@gmail.com

INFORMAÇÕES SOBRE O AMBULATÓRIO DE CURA ESPIRITUAL -  pelo Whatsapp:

Cris Schu (61)99297-3008 ou

Christine (61)99202-7227​ 

DEMAIS INFORMAÇÕES:

Carla Costa

(61) 98130-3099 (Whatsapp)

Chácara Aruanda:

SMPW Quadra 13, Conjunto 2, Chacara 40D

Park Way - BRASÍLIA - DF

  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

Um pouquinho sobre obsessão

June 2, 2017

 

Obsessão é a ação negativa reiterada de espíritos encarnados ou desencarnados sobre outro.

 

Quando falamos em obsessão, muitas vezes o obsedado se julga vítima do obsessor. No entanto, a obsessão pode ser, em geral é, consequência de ações negativas feitas pelo obsedado em outra vida ou na atual. Ou seja, muitas vezes a obsessão é cármica e pode ser trabalhada de forma mais eficaz se pensarmos nela como resgate cármico.

 

Porque?

 

Tirando nosso pensamento de vitimismo, de que somos vítima desse espírito obsessor, podemos analisar mais amplamente a situação. Pensemos. A Justiça Divina existe, logo, não sou obsedado de graça. Então tem um motivo. Fiz algo para este espírito? Se fiz, preciso resgatar isso e assim, me desculpar pelos erros cometidos e ajudar o espírito obsessor. Porque, sim, os espíritos obsessores precisam de ajuda.

 

Pensando dessa forma, buscamos a nossa melhoria, a nossa edificação e, por consequência, ajudamos o espírito obsessor. Como? Doutrinação. Se você busca leituras edificantes, lugares edificantes, sintonia mental positiva, exerce ações positivas como a caridade, em suas orações pede perdão, o espírito obsessor que lhe acompanha estará vendo tudo isso e sua sintonia negativa será desligada. Ao mesmo tempo, você pode se tornar exemplo do obsessor e este deixar de obsedar e buscar ajuda elevando-se também.

 

Conclusão: você resgatou a “dívida” com o obsessor e o ajudou a buscar ajuda. Você, que antes era um canal de obsessão, passou a ser um canal de consolo e auxílio.

 

Então, o que acha? Não é melhor deixar a postura de vítima e assumir as ações de sua existência, mesmo aquelas que não lembramos, e ajudar a todos?

 

Não somos vítimas de nada nesse mundo. Tudo tem uma razão de ser. A lei de causa e efeito é justa. A Lei Divina é justa. Então saia da posição de vítima e assume sua existência, seu carma e sua missão. Trabalhe no bem que todo o resto lhe será somado.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload